segunda-feira, 4 de maio de 2009

Primeiro dia de total controle, ou quase...

http://www.kithelp.com/modelos/img/glicosimetro_t.jpg

De todas as vezes que já fiz o tal do destro em casa
(como nós diabéticos chamamos o exame de glicose), oficialmente foi hoje a primeira ver que minha glicemia se comportou como a de um não diabético... Ou quase isso.
Já venh
o furando meu dedo diariamente há pouco mais de duas semanas, e dentre esse espaço de tempo já vi minha glicemia estar 45 mg/dl á noite e logo no dia seguinte, após o jejum das oito horas, saltar para 229. Vi a mesma subir pra 406, e no mesmo dia cair e subir novamente, pra 416. E em outra ocasião vi a taxa glicêmica em 41. Isso tudo foi só em quanto eu podia medir. Quando não media era bem mais descontrolada, me levando até a internação por hiperglicemia e duas semanas depois, por hipo. Bom, é outra história. O que eu quero partilhar agora é a minha alegria em saber que hoje, após um histórico de descontrole absoluto, já estou aprendendo a me controlar (finalmente!), pois das cinco vezes que fiz o destro, nenhuma estava nem abaixo de 70 nem acima de 200. Ainda tive que comer meio pacote de negresco pra não ter uma hipoglicemia, porque a glicose estava em 76 mg/dl. Claro que não engoli tudo de uma só vez, como fazia antes, não sou louco! Comi bem lentamente, aos pouquinhos, enquanto estava andando, e a taxa glicêmica não deu um pulo, como de costume, apenas teve pico de 194 (o maior índice do dia) e minutos depois já estava em 160!

Na verdade não é de hoje, exatamente, que eu venho aprendendo a exercer um certo controle do açúcar. A cada dia que passa a minha glicemia fica um pouco menos descontrolada que a do dia anterior, mas sempre com algumas "hiper" e várias "hipos". Bom, desta vez não teve nem uma nem outra, pelo menos até agora.

Ainda vou jantar e tomar o café da noite, mas este é justamente o horário mais fácil de controlar a glicemia, então espero continuar bem “controladinho” até a noite pra ir dormir feliz por completo e comemorar o primeiro dia de diabético controlado!

Más notícias (pra mim): Acabo de medir novamente, são 20 horas e 35 minutos, e glicemia de 281... Que coisa, não?

Quem sabe amanhã?

6 comentários:

Luciana Oncken disse...

Parabéns, Anderson! É por aí mesmo. Legal, que vc seguiu até algumas coisinhas importantes lá do Viver, principalmente esclarecendo que não somos profissionais de saúde. Somos diabéticos, compartilhando experiências. Beijos e boa empreitada.

Anderson Gonçalves disse...

Nossa, que alegria vê-la por aqui! Fiquei feliz com sua presença tão ilustre aqui nesse pequeno blog. Eu segui sim, pois sempre que escrevo uma nova postagem é inevitável não pensar no seu blog, é claro, pois é de lá mesmo que surgiu este!
Obrigado pelo comentário, volte sempre que puder!

Grande abraço pra você e o filhão que está a caminho!

Fernanda disse...

Oi, Anderson.
Só uma dica, não corrija hipos com chocolate, porque demora pra subir mas, depois de algum tempo sobre demais. Isso porque tem muita gordura e isso atrasa a absorção da glicose. A mesma coisa pra iogurtes, coisas com leite, crme de leite, leite condensado... Tente ter sempre sachês de açúcar com você (aqueles que tem em restaurantes). Eu agora compro no supermercado e tenho sempre comigo. 3 já são suficientes (cerca de 15 a 18 gramas de carboidrato). É uma dica que deve ser levada em consideração.
Bjo

Anderson Gonçalves disse...

É, você tem razão. Nesse mês em que escrevi o post, em maio, eu tinha apenas 2 meses de conívio com a doença, e ainda não sabia disto, não sabia nem o que era uma hipo, até algumas semanas depois passar maus bocados com ela, experiência que devo contar algum dia aqui. Hoje eu corrijo minhas hipos com uma fruta como a laranja, que é bem suculenta, ou um suco, ou até mesmo uma água com açúcar, embora seja muito raro isso, pois odeio água com açúcar, mas quando estou na casa de um amigo, e passo mal, peço água com açúcar. As guloseimas eu deixo pra quando a glicemia está num bom índice, tipo 70, 80, até 90 eu como sossegado, claro que sem exageros, mas em casos de hipo mesmo, prefiro os líquidos.

Grande abraço,
fica na paz!

Silvana Mota disse...

oi aNDERSON

Me chamo Silvana, acabo de descobrir que estou diabetica, estou apavorada, li todos os comentários, minha Glicemia está 382, estou perdida sem saber o que posso e o que não posso, como vou medir e controlar a minha diabete,

abraços
*** se tiver uma dica melhor me ajude por favor, pois dependo do SUS

Anderson Gonçalves disse...

Olá Silvana, se lhe serve de consolo, eu tmb dependo do SUS! Este seu índice glicêmico se assemelha bastante ao meu do tempo em que descobri o diabetes, porém ainda hoje, infelizmente, o vejo com certa frequência em meu aparelho, uma ou duas vezes durante a semana. Isso não é bom é claro! Em relação ao aparelho medidor, vc pode consegui-lo gratuitamente em um posto de saúde próximo a sua casa, dependendo da região onde mora, embora este seja um direito de todo cidadão que independe da localidade, MAS sabemos como funciona a saúde nesse país... Não são em todos os Estados que o acesso é facilitado. Vá a um posto de saúde próximo da sua casa, se cadastre e entre com o pedido dos insumos que o seu tipo de diabetes necessita. Há casos em que é preciso entrar na justiça pra se conseguir aquilo que na verdade já é do seu direito, mas são em raros casos eu acredito, ou melhor, eu quero acreditar! Fica aquela velha dica de praxe, mas que é sempre bom ressalvar; procure por um nutricionista, endócrino, enfim... um especialista que melhor possa atendê-la! Não se prenda muito ao que pode ou não pode, quando tentei fazer isso, passei pelos piores momentos do meu tratamento. Se habilite sim a buscar uma maneira de ter hábitos mais saudáveis e mais equilibrados. O que ajuda mesmo é vc dividir bem as porções da sua alimentação. Se o seu tipo de diabetes for o 2, que é o mais comum entre a população em geral, ai exige um pouco mais de ressalva na alimentação que vá aquele açúcar de mesa refinado, o qual estamos mais acostumados a colocar no cardápio do dia-a-dia. Substituí-lo por adoçantes já é o melhor começo pra diminuir as taxas glicêmicas. Silvana, você já está sendo medicada, já procurou por um especialista? Usa insulina ou sua medicação é oral?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...