domingo, 10 de maio de 2009

Diabético: Pode ou não pode?

http://www.novavidacaxias.com.br/wp-content/uploads/2009/04/duvidas-dilemas-louvor-adoracao.jpg

A pergunta que me fazem frequentemente, e creio eu que á todos os outros diabéticos, é: "você não pode mais comer doces?"
A resposta é simples...
Sim, e não, talvez. Tudo isso. Essa é a resposta. Na verdade, eu também gostaria de perguntar, em particular para você diabético. Você pode comer doce?
Minha companheira de blogosfera Luciana Oncken, do blog "Viver com Diabetes",
diz que prefere evitar os doces, pois é do tipo 2, e controlar a hiperglicemia fica mais difícil nesses casos. Uma amiga da minha mãe que descobriu que tem diabetes à algum tempo e depende da insulina carrega com sigo sempre algo doce na bolsa, pois pode vir a precisar do açúcar em casos de hipoglicemia, sintoma mais comum em insulinodependentes, como eu. No meu caso, como também faço aplicações de insulina diariamente, e como moderadamente, de forma fracionada, acabo por ter uma certa tendência a hipoglicemias, por tanto, em determinados momentos eu posso, preciso, e devo comer algo doce. Por outro lado, há momentos que eles me são proibidos, sim, e estes momentos são quando estou com glicemia elevada. Comê-los quando o açúcar no sangue já está alto seria como beber e dirigir: você pode até não morrer por isso, mas correrá sérios riscos.

O que nem todos sabem, no entanto, é que não é o açúcar o único vilão, ou amigo, da história. Um salgado, por exemplo, pode apresentar maior índice glicêmico do que um doce, ou seja, aumentar mais a glicose no sangue do que aquele que contém o açúcar simples.
Se você é diabético, provavelmente já foi advertido por seu médico: "não pode abusar das massas, das carnes gordas, nem mesmo das frutas..." Mas os que não convivem com a doença, muito que provavelmente estão a pensar como antigamente: "diabético só não pode comer doce".

Podemos comer de tudo, mas não tudo, de uma só vez.
Podemos fazer de tudo, tudo que nos de prazer.
Podemos ser normais, e diabéticos. Por que não?
Podemos viver e aprender com a vida.
Podemos ser saudáveis, com ou sem a doença.
O que não podemos mesmo é deixar de viver!

E moderar, é claro...

(Consulte regularmente seu médico e/ou nutricionista!)

28 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Anderson!
Nunca mais me escreveu, hein, cara?! Não te vejo mais lá no blog da Lu.
Fiquei feliz em descobrir o seu blog. Com certeza vou dar umas comentadas por aqui agora, rsrsrs...
Se pode ou não pode comer doce, eu como praticamente todo dia, mas de forma controlada, quando preciso controlar as hipos, ou fazendo a contagem quando tenho vontade. O problema é o tal índice glicêmico, que é relacionado a quanto tempo os carboidratos daquele alimento demoram a ser digeridos e absorvidos pelo corpo. No caso do açúcar, é a substância de maior índice glicêmico. Potanto, geralmente os doces são absorvidos mais rápido e modificam a glicemia de forma rápida, facilitando a perda do controle. Eu ando sempre com goiabinhas na minha bolsa, quando estou no trabalho, em reuniões, seja o que for, eu uso como lanche. ADORO! Não abro mão! E fora que só tem 15 gramas de carboidrato, portanto perfeito para corrigir uma hipo.
Bjo!
Fernanda
fernanda.laranjeira@hotmail.com

Anderson Gonçalves disse...

He he, é verdade, mas hoje tirei o dia, quer dizer, a noite para escrever. Eu fiquei ainda mais feliz com sua presença aqui, valeu!

Com relação aos doces, faço exatamente igual, e muito raramente passo um dia sem comer um docinho sequer... Rsrsrs, nunca imaginei, mesmo, que um diabético pudesse viver assim. Talvez por isso é que eu aceitei a doença tão bem, pois depois das agulhadas, que por incrível que pareça eu também consegui me acostumar muito bem, não poder comer doce era o que eu mais temia na doença. Mas hoje entendo que tudo não passava de mito.

Agradeço de coração por você ter dedicado um tempinho do seu dia para comentar aqui!

Fica com Deus!

Anônimo disse...

Olá Anderson prazer em conhece-lo nem que seja virtual rsrsrsrs.Nos últimos dias não tenho me sentido muito bem,pois sou obesa e minha glicose deu 284 ainda não sei se será decretada uma diabétes mas já estou tomando precauções por conta própria o que está mais me angustiando é que não estou sendo medicada ainda e tenho medo dela subir mais de uma hora pra outra mas vc já me ajudou bastante espero poder está sempre falando com vc!!!!bjim.

Anderson Gonçalves disse...

Olá amiga, seja sempre bem-vinda aqui neste espaço!

Que bom que você esteja tomando algumas precauções, já é um bom começo. Mas de fato, se você for diabética, precisará da orientação de um médico, e de medicamentos.

Desejo-lhe sorte. Tudo de bom pra você,
fica na paz!

karina disse...

Oi Anderson meu nome é Karina tenho 12 anos e sou diabética a 8 mêses descobri em agosto do ano passado pq tive um coma diabético eu ainda choro as vezes pq ñ possso comer as coisas q quero vivo a peso de insulina,quando choro muito minha glicemia aumenta!!!!!mas as vezes em ocasiões especiais posso comer um pouquinho de doce!!!!!!
quando falo pra pessoas q sou diabética elas se assustam pq sou tão novinha!!!!!!!!
foi um prazer te conhecer obrigado por tudo sempre vou estar po aqui conversando com vc lógico se vc quiser!!!!!!!!!
BJS e Abraços
KARINA!!!!!!

Cris Catia Lima disse...

Olá... :)
Sou portadora de Obesidade Mórbida, por isso estou diabética, não tomo insulina e algums pessoas garatem que depois do tratamentos da OM, esse açucar alto tende a voltar ao normal.
Poxa... mas esta muito dificil, esta fase de mudança de hábitos, é um cenario tão novo para mim, viver sem refrigerantes, sorvetes,
pizzas... aiiiiiiiii
VAi ser uma luta ardua, mas vou conseguir.

Bom te conhecer neste blog
PAz, luz,saúde o resto a gente conquista.
Abraços
Cris

Anônimo disse...

Meu nome é Monica e tenho 44 anos e devido a uma dengue descobri que minha glicose, que sempre foi normal, pois tenho o costume de fazer exames pelo menos uma vez ao ano, está em 255, tive que repetir o exame e peguei o resultado hojeé confirmei que está em 276, por mim correria para um endocrinologista para saber o que tenho que fazer, porém como é carnaval tenho que aguardar, e estou muito infeliz, pois tenho medo de morrer e deixar minha filha de apenas 13 anos, desde seu parto fiquei com problemas de pressão alta e ainda por cima estou acima do peso, o pai dela é uma figura, trabalho muito fora e dentro de casa e ainda cuido de tudo que diz respeito a ela, saude, estudos, lazer etc... Estou muito apavorada, pois não sei o que fazer, obrigada por me ajudar. Bjos

Anderson Gonçalves disse...

Amiga, o único conselho que posso te dar é para você procurar um especialista, só ele poderá te ajudar nesse caso. Não deixe sua saúde esperar pelo carnaval.
Até lá, mantenha uma alimentação regrada, e diminua os carboidratos. Boa sorte e tudo de bom pra você e sua família!

Edison disse...

Monica, sugiro procurar um endocrinologista, pois 255 está um tanto alta. Os efeitos negativos do diabetes são cumulativos, por isso é melhor se cuidar. Eu também sou diabetico tipo 2 e controlo a mesma com remédios, tento levar uma vida saudável e não me privo de nada, afinal hoje temos muitas opções de alimentos e bebidas com teor zero de açucar. É muito importante também uma alimentação com baixos teores de carbohidratos.
Boa sorte.

Anônimo disse...

tenho 74anos e sou diabética, como muito doce sem adição de açúcar,em jenjun minha glicose sempre está boa depois de comer ela sobe,queria saber se é normal

Fernanda disse...

Olá Anderson,
meu nome é Fernanda e tenho uma filha diabética, ela tem 9 anos hoje e é diabética desde os 4 anos.
Hoje convivo bem com a doença dela e ela também é muito conciente,lógico que algumas vezes ela me atormenta porque quer comer chocolate quando a glicemia está em 300,mas nada que eu já não tire de letra.
Gostaria de parabenizar você pelo blog, pelos depoimentos, é muito bom saber que minha filha assim como você pode ter uma vida normal apesar da diabetes.
Que Deus te proteja .

luizcarlosvitali disse...

anotenho 81 anos, estou com taxa de 232, tenho um bocA BOA, COMO MACamacarão, alho e oleo, gosto de manteia, não sei como vou me controlar, as vezes como chocolate, isso deve ser super prujudicial para mim, não é sr.Anderson

Anderson Gonçalves disse...

Amigo, ha casos e casos, mas em tdos eles, o descontrole sempre é prejudicial. Se comer chocolate, mesmo q em pequenas quantidades fazem sua glicemia subir, vc deve procurar outros tipos de alimentos mais saudaveis. Há os chocolates diets, que podem ajudá-lo a não sofrer tanto com essa vontade, mas em qualquer tipo de alimento, diet ou não, o controle é em si já é suficiente. Coma da maneira q vc possa sentir q seu organismo aceite. Obrigado pela visita, fica na paz!

Anônimo disse...

ola me chamo debora e hoje descubri que minha mãe escondia ser diabética e eu tenho medo de ser também,pois estou apresentando alguns dos sintomas,mais eu li sobre o assunto e entendi que da para viver bem com a doença,mais eu queria a sua opinião,você vive bem com diabetes?

Julie Magnetto disse...

Eu nunca quero ter diabetes, sou muito dependete de doce, sem doce não cosigo viver!! Mas depois dessas palavras suas meu medo diminuiu.

Anônimo disse...

Oi Anderson, muito prazer em te conhecer.
Eu não tenho diabetes mas meu namorado tem por isso procurei saber mais sobre a doença, eu amo muito meu namorado e por isso quis saber o que ele pode ou não comer, muito obrigada pelo seu blog me ajudou muito.

Beijos fica na paz!

Anônimo disse...

Fiz teste hoje e me disseram que estava com 582 e me deixaram tomando soro e me aplicaram insulina além de me pedirem exames urgentes. Levei o maior susto e não sabia o que fazer por isso procurei me informar e fiquei feliz em encontrar esse blog.

Anônimo disse...

oi anderson, chamo-me cida lima e sou insulinodependente,tomo 4 doses ao diae acho insuportável me picar... já convivo com a doença a oito anos e sempre fui muito ciente de tudo o que e obediente em relação a dietas... de uns tempos para cá fiquei meio louca e passei a tomar refri,fumar,comer massas, até doces eu vez por outra me pego comendo. sabe bateu um desespero de fazer o que já não mais fazia, quiz tudo de uma vez... agora mesmo comi dois chocolates diatt e fiquei com um peso na conciência louco mas tá passando. sinto-me confusa, relaxada, sei lá, as vezes sinto-me só com a minha doença e talvez eu esteja mesmo. foi bom falar, abraços cida

Brian Rocha disse...

ola queridos seguinte estou entrendo em contato cm vcs pois preciso de uma informação minha mae descobriu que tem diabetes e ela esta muito preucupada pois nao sabe o que pode ou nao pode comer tipo o nivel dela de o normal é de 70 a 99 e o dela esta no nivel de 179 ela ainda nao sabe pois o medico nao disse que gral e esse mas vcs podem me dar uma ajudinha me disendo o que seria melhor para ela manter uma limentação boa e saldavel agora com esse problema? muito obrigado pela atenção para falar comigo meu email e msn e briam_rocha@hotmail.com ou pelo fone 51 95265236 aguardo o quanto ates sua resposta pois e dela que irei tirar basa paa a alimentação de minha mae! obrigado...

Anderson Gonçalves disse...

Cida, desculpe a demora em responder, mas bom... aki estou. Obrigado por desabafar conosco, acredito que seja natural essa situação, eu tmb tenho momentos em que simplesmente tento esquecer-me do diabetes, e saio por ai a comer tdo o que definitivamente n deveria, só para me sentir normal, e qndo caio em mim, percebo o qnto imprudente eu fui. Minha glicemia vai as alturas... é muito complicado. Mas é coisa de diabetico. Acho que assim vamos vivendo, mas o importante é que isso não tome conta da nossa rotina com o diabetes. Olha, eu ando bem relaxado vou confessar, preciso mudar mesmo. E este e um dos motivos pelos quais não venho atualizando o blog a muito tempo! Triste, mas a realidade...

Anderson Gonçalves disse...

Olá Braian, primeiramente parabéns pela sua atitude em buscar informações para ajudar sua mãe! Mas vou lhe ser sincero, não gosto muito de fazer o papel de médico para as pessoas, pq dar conselhos é uma coisa, já dizer o que ela tem ou não de fazer, deve ou não comer, é algo que cabe somente á um especialista . Então, se o medico não a orientou adequadamente, acho q ela deveria procurar por um nutricionista, ou endocrinologista, alguém que com certeza poderia ajuda-la melhor. O conselho, claro sempre é bem vindo... e o que posso dizer é que o equilibrio na alimentação é tudo! A vida de um diabetico tem que ter regras na hora das refeições. Como ela ainda está nesta faze de descobertas á respeito da doença, e adaptação, creio que a melhor maneira de se alimentar, seria opitando por comer mais vezes ao dia e em menores quantidades (alias esta é a regra numero um para qualquer diabetico!), e principalmente procurando trocar o açucar comum por adoçante e preferir tmb alimentos dieteticos, além do que trocar os doces pelas frutas e incluir folhas e vejetais na alimentação é primordial! Com o tempo ela vai descobrir que nada é proibido na nossa alimentação, bastando apenas ter prudência! Mas até que chegue este dia, seria bom ela seguir estas regras mais a risca... Espero ter ajudado, abraço!

Anônimo disse...

Meu nome é Nivea tenho 15 anos, sou diabética tipo 1 descobri isso ontem e gostaria de saber como associar alimentos ricos em carboidrato a uma alimentação saudável vou adorar se você puder me responder, adorei seu blog, obrigada beijos

Jaqueline Moura disse...

Olá me Jaqueline, tenho 17 anos.
tenho alguns sintomas de diabetes,tipo: visão embaçada,muito enjoo,tontura, as veses ate desmaio. mas faz muito tempo q nao procuro um medico, na ultima vez que fui a um ele disse q estava com colesterol alto, as veses ate faço uma dieta pequena de 2 semanas e ja me sinto bem. tenhu muito medo de estar com diabetes pois sou muito nova. será que com esses sintomas é o diabetes? obrigada.

Anônimo disse...

ola me chamo lucy, e fui ao medico pra exames de rotina e ele disse que esta va no inicio de uma diabeti 118, me passou remedio e o colesterol e trigliciridios tmb estava fiquei atordoada demais isto é grave

Anônimo disse...

118 ja é considerado uma diabeti

Bruna Cardoso disse...

Olá! Me Chamo Bruna Cardoso.
tenho 25 anos, tenho diabete tipo 2 e tomo remédios orais, queria saber se posso comer bolo? mesmo se for um pedaçinho se for, eu descobri a pouco tempo que tenho essa doença já fiquei 2 vezes tomando soro e insulina, por que estava 475, sei que estava muito alta. Mais pretendo controlar ela pra poder eu engravidar.

espero sua resposta.
bjos a todos,

Bruna Cardoso disse...

Hj, fui medir minha glicemia ela esta medindo 95 a baixou bastante.
fico muito feliz.
bjos a todos e fica com Deus.

Maraize disse...

Oi Anderson!
EU LI ALGUNS COMENTÁRIOS E SENTIR VONTADE DE CONTAR O QUE ESTOU PASSANDO COM MINHA FILHA DE 4 ANOS.NOS DESCOBRIMOS NO DIA 21/10/2013 QUE ELA ESTÁ COM DIABETE,PRA MIM FOI UM CHOQUE ENTREI EM DESESPERO!ESTÁ SENDO MUITO DIFÍCIL SO TENHO ELA, A DIABETE DELA VEM DOS BISAVÓS.O QUE ESTÁ ME ACALMANDO MAIS É OUVIR HISTÓRIAS DE OUTRAS CRIANÇAS,MAS ESTOU MUITO ABALADA!UM BJ E FICA COM DEUS!.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...