terça-feira, 30 de junho de 2009

Estranho número

http://ecourbana.files.wordpress.com/2008/11/numeros.jpg

Acredita que o meu pós-almoço de ontem foi de 66?

Isso, 66!
Não entendo esse meu organismo, essa diabetes, esses números...
Hoje o pós café, foi de 178.
O que tecnicamente seria mais alto, foi uma hipoglicemia, e o que deveria ter sido mais baixo, beirou a hiper. É engraçado como sou um diabético "desconfigurado" (essa palavra nem existe, eu acho), he he, é imcompreenssível.
O histórico do meu Accu Chek é uma bagunça. É tipo assim, depois de um 200, vem um 52, seguido de um 130, e por ai vai... Não tem uma média, tem altos, baixos, super baixos, muito altos (cada vez mais raros, ainda bem), é assim.

Quem sabe com o tempo eu consiga chegar á níveis mais organizados, podendo assim estabelecer um padrão? Mas até lá, terei este estranho (des)controle.

9 comentários:

Contamine-se e Espalhe disse...

Oie Anderson, passando só pra agradecer mais uma vez o seu apoio ao movimento "Espalhe Uma Vida melhor". Tenho acompanhado o seu blog e acho muito legal você oferecer experiências do seu dia a dia para seus leitores.
Ajude também a divulgar a campanha através de um post em seu blog sobre o assunto. Um ótimo incentivo para que outros blogs, assim como você ajudem, ajudem a espalhar uma vida melhor.

Abraços. E conte sempre com o Banco de Saúde.

Anderson Gonçalves disse...

Olá amiga, eu é que tenho que agradecer!
Obrigado pela visita e pelo apoio também!

Sobre o post, sabe que é uma boa ideia...

Qualquer dia destes postarei algo a respeito, valeu pela dica!

Também pode contar sempre comigo!

Grande abraço,
fica na paz!

SHEILA disse...

Olá Anderson, que bom receber seu comentário no meu blog. E saber que tem mais louco por aí por causa desta louca diabetes! Loucos também são os números que meu aparelho registra. Ficamos parecendo videntes e cheios de fé. Vez por outra tento acertar o resultado e, é claro, muitas vezes o resultado contrário me irrita demais. Quando acerto, acho que começo a compreender o funcionamento do meu organismo mas aí vem outro resultado sem explicação e já não sei de mais nada. Ou ficamos com fé exagerada e chegamos a rezar nos poucos segundos que o aparelho demora para mostrar o resultado. Quando tem gente olhando ainda, é pior pois junto com o resultado vem o julgamento do Outro sobre nosso tratamento. Que chato!!! Mas é assim mesmo, um resultado atrás do outro! Beijos e vamos manter contato, tá?

Anderson Gonçalves disse...

He he, chega a ser engraçado essa nossa rotina. No meu caso, já não tenho mais aquela "platéia" que ficava á espreita aguardando um índice maior que 300 pra falar: "viu, eu não disse?!" Krkrkrrkrk! Isso me irritava, pois ficavam controlando tudo o que eu comia e quando eu passava da conta, ou dos índices, ou as duas coisas (quase todos os dias) eles me torravam a paciência, ás vezes eu achava que eles até torciam pra dar alto só pra poder dar bronca, mas acho que não, só queriam, e querem o meu bem mesmo. Mas agora que já não tenho números tão elevados, já nem perguntam mais como anda a glicemia, e isto até me incomoda um pouco, rsrsrs, porque agora que consigo manter um certo controle, não tãããooo controle assim, mas um pouco, eles nem querem saber! krkrrkrk (2), mas é assim mesmo, he he, hoje das quatro vezes que medi, uma me deixou um pouquinho triste, que foi o teste de 180, agora á noite. No jejum deu 68; pós-café 117 e pós-almoço 146.

O engraçado é que quando a glicemia está ótima, eu fico torcendo pra alguém perguntar quanto está, mas ninguém pergunta, na maioria das vezes, só vez ou outra minha mãe quer saber, ou minha irmã, no mais, guardo o resultado pra mim, porque eu nunca digo quando ninguém pergunta. E assim vou levando...

Obrigado pela visita e seu comentário! Gostei mesmo do seu blog, e fiquei muito feliz em ver que mais pessoas estão partilhando suas experiências através dos blogs!

Sobre diabéticos partilhando experiências, ainda hoje eu conferia uma matéria no Mais Você sobre um garoto de 12 anos e diabético do tipo 1 tmb., mas que ainda não consegue manter controle algum, tendo dias em que sua glicemia vai abaixo de 20, e outros que fica acima de 400! Fiquei muito comovido com a história, pois tanto a família quanto o garoto sofrem muito com essa situação, e custam a aceitar a doença, sendo que a mais de dois anos eles convivem com ela...

Dou graças á Deus que em menos de quatro meses de diagnosticado já estou conseguindo manter os números, na grande maioria das vezes, menores que 200 e maiores que 50, embora nesta semana a glicemia tenha chegado a 38, mas foi só, e torço pra que este garoto consiga em breve chegar à melhores resultados também. Mas eu ainda almejo, e sempre irei almejar uma glicemia entre 65 e 140. É muuito difícil, mas espero um dia chegar lá!

Espero vê-la mais vezes por aqui!
Por minha parte, pode contar com mais visitas e coments. lá no seu espaço, pelo qual me identifiquei!

Forte abraço,
fica na paz!

Antonio Tadeu Ayres disse...

Olá, Anderson!

Dei uma passada por aqui para conhecê-lo e fiquei muito feliz pela forma corajosa (e cuidadosa também) pela qual você lida com o seu diabetes.

PARABÉNS!

Anderson Gonçalves disse...

Muito obrigado pelas plavras amigo!
Eu procuro sempre passar o melhor que posso extrair da doença, tomando sempre o cuidado para não levar informações erradas, é claro.

O seu blog também é muito bom, e tem uma ótima proposta, gostei!

Agradeço por seguir este blog,
grande abraço,
fica na paz!

Fernanda disse...

Gostei do comentário da Sheila.
Rezar durante o tempo que o aparelho leva pra mostrar o resultado, faço isso todas as vezes que meço. As quase 10 vezes que meço todos os dias (às vezes mais). Mas nem sempre funciona, kkkkkk.... Não se preocupe Anderson, a intensa variação não é privilégio seu, rsrsrs...
Minha meta agora está sendo conseguir 1 semana inteira sem hipos ou híperes. Já consegui 6 dias na semana passada, mas esqueci de tomar a insulina num dia e danou-se. Meu marido disse que quando conseguirmos 1 semana inteira vamos jantar onde eu quiser (ummm, 1 crepe de chocolate, rsrsrs).
Depois digo se consegui.
Que tal se a gente fizer aqui no seu blog um post pra registrarmos nossas glicemias?
A minha última foi 86 (pós-prandial do almoço).
Bjo

Anderson Gonçalves disse...

Oi Fe, parabéns pelo controle, eu não consigo ficar tanto tempo sem altos ou baixos, por mais que fique uma semana inteira sem hiper, sempre tem a hipo, e vice-versa, pois com a insulina que uso (NPH)é mesmo muito difícil ter um controle rígido.

Minha última glicemia foi de 148, antes do almoço hoje, não muito bem, mas tá bom, pois foi o maior índice em muitos dias, estou satisfeito com meus resultados desta semana. Abração!

fernanda rodrigues disse...

Oi gostaria de saber se é normal eu ter feito exame de sangue e a glicose ter dado 159 e depois quando fui medir sem esyar em jejum deu 101 depois de um 5 minutinhos 98 isso é normal? eu nao faço ainfa uso de remedios p a diabetes minha teumato sò mabdou eu trocar a alimentaçao ate fazer outro exame para ter a confirmaçao. mas vi nis comentarios q é normal essa variaçao bom sera q o exame q fiz deu errado?? eu fiz as horas certas de jejum. porvfavor tesponfa no meu email fernanda_1116rodrigues@hotmail.com ibrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...